segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Entre amigos

Walter
Choveu todos os dias em que estive em São Paulo, mas acredito no propósito de Deus, pois choveu benção e mais bençãos em minha vida nesses dias, uma vez que, além da boa e calorosa recepção dos familiares de minha esposa, que também são minha família, tive a grande alegria em rever velhos amigos, amigos de infância, pessoas que me faz muito bem. 

Pr. Petrônio
Começando com o meu amigo Walter Luiz, que Congregamos juntos em Vila Friburgo - Santo Amaro, entre os anos 1990 a 1993, sendo que há mais de vinte anos não nos víamos, e que pude festejar esse momento estando com sua família, sua esposa Carminha, bem como filhos e netos, sendo grandemente abençoados por suas vidas, pelo grande momento do reencontro que me causou grande emoção.

Outra grande surpresa, foi ter reencontrado meu amigo e pastor Petrônio, ele que é conterrâneo e me viu nascer na fé, demonstrou todo carinho, juntamente com sua esposa pastora Isis, com um tratamento de príncipe, jamais sentido e oferecido por alguém a mim, além do lado espiritual que foi o mais importante, foi edificante, onde acrescentou e muito em minha vida, onde junto com a família, pude conhecer a cidade de Arujá e Santos, interior de São Paulo, e assim, está com eles, foi maravilhoso.

Edvaldo e Pr. Enéas
Estive também revendo os amigos e irmãos, Pastor Enéas, companheiro de quando novo convertido, onde pudemos relembrar bons momentos do passado, coisas que nem mesmo eu lembrava, o que sua presença e amizade, sempre acrescenta muito, pelo carinho e dedicação em tirar um dia para está comigo.

Também me alegrei muito em rever meu amigo e irmão Edvaldo, que me recebeu muito bem em sua residencia, onde após um delicioso café, recordamos algumas coisas de nossa época de novo convertido, o que nos trouxe muitas saudades, vez que ele era meu vizinho na minha cidade natal, e veio para São Paulo por volta do ano de 1994.

Por último, mas sendo o primeiro lugar que estive, foi junto com os familiares de minha esposa, onde fiquei hospedado, pela gentileza, carinho e dedicação para comigo, não me faltando nada, me dando toda atenção, mesmo tendo ido sozinho, ou seja, sem minha esposa, me receberam como se fosse mesmo da família, o que muito me honrou pelo tratamento dedicado a mim.

Então, quero com isso, agradecer a Deus pela vida de todos, pois sei que somente ele pode recompensá-los por todos os feitos. E aqui registro esses momentos, que nunca sairão da minha mente e coração, pois está entre amigos, aqueles que nos ama, como diz um certo ditado: Isso não tem preço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário