segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Solidariedade não tem religião

Devido a uma cirurgia no joelho pelo qual minha mãe vai passar, tive que juntamente com minha irmã e uma prima, procurar doadores de sangue, uma vez que foi solicitado, para que não diminua o estoque no Hemocentro, então, fui informado por minha prima, de algumas pessoas que se dispuseram em ajudar. 

Porém, o que me surpreendeu, foi que dentre eles havia um padre, e a surpresa que tive, não é pelo fato de ser o padre, pois sei que ele é humano como qualquer outro, mas sim, devido seus afazeres, suas atividades na igreja, e mesmo assim, se disponibilizou de um tempo para ir comigo fazer a doação, vez que poderia na missa, falar para a igreja e pedir para seus fiéis praticarem este ato solidário.

Aqui destaco tudo isso, pela simplicidade, pela forma humilde, o que para mim fez uma grande diferença, foi muito bonito este gesto de amor e de solidariedade do Padre João Paulo, responsável pela Paróquia do Setor Novo Horizonte (Aureny IV), Palmas-TO, que sem ao menos saber para quem era, e nunca ter sido doador, ele mesmo se dispôs, ficando até por volta das 15:00 horas, aguardando tranquilo juntamente com outros amigos, para ajudar e fazer o bem, sem olhar a quem, por isso vale o registro.

Jerfferson, Prof. Manoel Messias e Pe. João Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário