segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Férias!

Dizem que é bom correr, chega mais rápido, mas não tenho tanta pressa assim em chegar quando estou dirigindo, mesmo que seja longa a distância, o mais importante é chegar bem, e diante de todo cansaço, acho que vale a pena ser assim, principalmente quando estou levando minha família, o que também pela graça de Deus, por maior que seja o percurso, Ele, o Senhor Deus não me permite sentir sono, até porque minha responsabilidade dobra, quando em algumas vezes olho de lado e para o banco de trás, e vejo que todos dormem, tranquilos e confiantes enquanto eu guio o veículo. 

Nestes dias do mês de julho de 2015, aproveitei um pouco de minhas férias e fui conhecer melhor a linda Goiânia-GO, desta vez com a família, passando depois pela cidade de Senador Canedo-GO, e posteriormente, uma rápida passada na cidade de Trindade-GO, vez que dias atrás havia ocorrido os festejos católico, e esperamos que acabasse, para conhecer a tão falada e movimentada cidade religiosa.

De volta para minha casa, descansei um pouco e no outro dia fui ao Maranhão, conhecendo novos lugares, pois mudei o percurso para passar em Carolina-MA, onde a 30 Km daquela cidade, pude conhecer as belezas das Cachoeiras de Itapecuru-MA, coisa linda de Deus e obra da natureza, lugar perfeito para quem deseja descansar o corpo e a mente.

Após um dia com a família, apreciando aquele lugar, fui a minha cidade Natal, mas antes conheci algumas cidades, dentre elas: Balsas-MA, São Raimundo das Mangabeiras-MA e São Domingos do Azeitão-MA, somando em todo o trajeto percorrido de ida e volta, contando com o Goiás, mais de 4.000 Km rodados.

Tudo isso vale a pena, está com a família, descansar, rever os amigos, e de volta, ter mil e um motivos para agradecer a Deus, porque viajar por uma das estradas mais perigosas do Brasil (BR 153) e sentir-se como estivesse em uma estrada qualquer, voltar para casa em paz, então posso com certeza dizer, que tudo isso é a mão de Deus, e que só tenho a agradecê-lo sempre dizendo: DEUS É FIEL!

Nenhum comentário:

Postar um comentário