sábado, 30 de novembro de 2013

Eu e o Luís!

A origem do nome Luís vem do Latim, que significa: combatente, glorioso, e indica uma pessoa criativa e inteligente, que tem coragem e desprendimento suficientes para enfrentar qualquer tipo de empreitada. O derivado do nome pessoal LUIS é Guerreiro famoso.

Acontece que, desde meu nascimento, o nome Luís sempre vem me acompanhando, e por incrível que pareça, existe uma forte ligação com esse nome, veja porque:
- A capital do estado onde nasci chama-se São LUÍS.
- O nome de meu avô materno, chamava-se LUÍS Miranda.
- Frente a casa de minha avó lá no maranhão onde eu morava, tinha seu LUÍS Arlindo.
- O nome de meu sogro é LUÍS Sousa.
- Minha casa aqui em Palmas-TO, fica de frente a casa de seu LUÍS.
- Minha cunhada quando teve o terceiro filho, colocou o nome do filho de LUÍS Eduardo.
- A outra cunhada não sei porque, também colocou o nome do filho de LUÍS Vitor.
- Precisei morar em outro bairro de Palmas-TO, e frente a nova residência tinha seu LUÍS.
- Voltei pra minha casa este ano e tenho novamente como vizinho o seu LUÍS.

Diante disso, posso afirmar que devido a essa forte ligação, ao nome que me acompanha, caso tivesse mais um filho ou adotasse, colocaria o nome de LUÍS Sousa Miranda, em homenagem ao meu sogro e meu avô, que são LUÍS.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Momento mais que especial

Confesso que por falta de tempo, ainda não tinha postado sobre a ordenação a pastora, de minha esposa Eliane Miranda. Evento que ocorreu em Brasilia-DF, momento em que foi realizada mais uma Assembleia Geral Ordinária de nossa CEADDIF - Convenção Evangélica das Assembleias de Deus no Distrito Federal entre os dias 26 a 28 de setembro de 2013.

Foi muito emocionante pra mim, que fui recebido no reingresso à Convenção, e por ver mais um sonho realizado em nossas vidas, minha esposa, minha pastora, sendo ordenada ao santo ministério, dia 28 de setembro de 2013, na Assembleia de Deus em Taguatinga-DF.

Tempos atrás houve uma resistência por parte dela, vez que na Convenção que fazíamos parte anteriormente, foi providenciada toda documentação e aprovada sua consagração, porém, não tivemos como ir para Anápolis-GO, onde foi realizada a AGO daquele ministério, porém, o que dificultava a aceitação, não foi nada em relação a Convenção, pois ela nunca teve dúvida do seu chamado, foram as críticas que tiveram que ser superadas, que foram vencidas, crescendo ainda mais a convicção e a certeza absoluta de que Deus estava no negócio.

Foram lágrimas de alegria, por entender a atender o chamado de Deus, por ser uma mulher determinada, que maneja bem a palavra e tem o dom do ensino, seu carisma atrai, pois sempre tem uma palavra de Deus aos que a procura, mesmo na consolação ou exortação, entrega o que Deus lhe manda, porque sabe do compromisso com a obra e de que um dia prestaremos contas a Deus do trabalho realizado.

Findo dizendo, que importante em tudo isso, é que temos muito a agradecer a Deus, pois tudo é da vontade dEle, sendo Ele quem nos chamou e isso tem se mostrado em nossa vida e dedicação ao ministério pastoral, porque acreditamos no amor e no poder de Deus, razão essa em que posso mais uma vez dizer: - DEUS É FIEL!