quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

O caminho mais curto

A geometria ensina que a distância mais curta entre dois pontos é a linha reta, porque ela corresponde a um fio perfeitamente tenso entre as suas extremidades. A geometria de Deus é diferente, Deus costuma usar outras linhas que para Ele são mais curtas, embora mais longas para o homem: a linha curva, a linha quebrada, a linha mista.

Linhas são em nossa vida os caminhos que percorremos. Queremos-los curtos e fáceis, isto é, queremos andar depressa e em relação às dificuldades quanto menos eles as tiverem tanto melhor. 

A humanidade vive traçando linhas retas para abreviar estradas. Para que havemos de contornar montanhas se é possível atravessá-las através de túneis? Para que havemos de ir por mar se é mais rápido ir por terra, e por que por terra se é mais rápido ir pelo céu, onde todas as rotas podem ser retas?

Mas não é só no espaço que o homem gosta de desenhar linhas; também no tempo.

Na geometria do tempo a reta é ainda a distância mais curta entre dois pontos. Porque tempo vale ouro e é preciso economizá-lo. E porque é preciso economizá-lo, vivemos num ritmo acelerado. Correr, correr muito, correr sempre é o compasso do nosso século.

Compasso alucinante. 
Fazemos do coração um relógio, porque medimos com ele, ansiosamente, o tique taque dos segundos. A vida transformou-se numa dança louca, frenética.
Tudo para aproveitar o tempo.  

Plauto, poeta satírico latino que viveu antes de Cristo, disse com muita propriedade que o tempo é como se pretendêssemos carregar água numa peneira. Em razão do que é preciso aproveitá-lo bem. Paulo chega a dizer que é necessário pagar um preço pelo tempo, quando descreve: " remindo o tempo", Ef. 5:18.

Remir é indenizar ou libertar-se alguém de um ônus pagando a importância correspondente.

Resgatar. 
É pois natural que os homens pensem, numa linha reta quando tratam de caminhar no tempo, uma vez contra o tempo. Mas existem caminhos que são melhores por serem mais longos. Sabe o leitor quantos anos gastou o povo de Israel para chegar ao Jordão depois que saiu do Egito sob o comando de Moisés?

Foram 40 anos!  
Esse é o caminho mais curto nos desígnios de Deus para formar um povo do qual sairia o Rei dos reis. Cristo.

Fonte: Mensageiro da Paz, nº: 1182 - Outubro de 1985, página 24.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Eu quero alegria

Numa certa cidade da Inglaterra, um homem procurou o médico e expôs o seu problema. Sentia-se vazio e inútil, um tédio terrível dominava sua pobre vida. Não tinha prazer em nada. O médico disse-lhe então:
- O senhor deve fazer uma viagem por terras desconhecidas e ficará bom.
- Doutor, já percorri o mundo todo, e fico cada vez pior.
- Então o senhor deve descansar numa fazendo, gozando da paisagem e respirando ar puro...
- Doutor, voltei há pouco de uma linda fazenda e nada adiantou. Sinto um vazio dentro de mim que não suporto, já pensei até em suicídio.
- Experimente aproveitar a vida, vá a bailes, saia com mulheres...
- Doutor, há mais de vinte anos que faço isso, e a infelicidade é ainda maior.
O médico não sabia mais o que recomendar a seu paciente. Lembrou-se então, que havia na cidade um famoso circo e que um palhaço notável fazia todo mundo rir. E o médico disse ao homem em tom de brincadeira:
- No circo que chegou à cidade tem um palhaço engraçadíssimo, ele faz todo mundo rir. Quem sabe assim o senhor terá pelo menos alguns momentos de alegria...
O homem respondeu:
- Doutor, esse palhaço sou eu.

O palhaço fazia todo mundo rir, mas era triste. Isto nos faz pensar em pessoas que estão sempre "resolvendo" os problemas alheios, quando a sua própria vida está mergulhada num oceano de amargura e tristeza, cheia de conflitos.

Onde acharemos a verdadeira alegria? Alguns procuram no dinheiro, no entanto, quando alcançam a riqueza, percebem que o vazio permanece. Outros procuram nas bebidas, sexo, esportes, jogos ou em passeios. Depois de experimentar tudo, algo grita dentro do homem, como que clamando por socorro, pois nada lhe trouxe alegria permanente, duradoura. Ele continua sendo o mesmo infeliz, porque a maior necessidade de sua vida está na alma.

Somente uma pessoa pode satisfazê-lo e proporcionar a verdadeira alegria: Jesus Cristo. 
 
 
Por Josias Aristich
Mensageiro da Paz, Abril de 1996, página 28.

sábado, 30 de novembro de 2013

Eu e o Luís!

A origem do nome Luís vem do Latim, que significa: combatente, glorioso, e indica uma pessoa criativa e inteligente, que tem coragem e desprendimento suficientes para enfrentar qualquer tipo de empreitada. O derivado do nome pessoal LUIS é Guerreiro famoso.

Acontece que, desde meu nascimento, o nome Luís sempre vem me acompanhando, e por incrível que pareça, existe uma forte ligação com esse nome, veja porque:
- A capital do estado onde nasci chama-se São LUÍS.
- O nome de meu avô materno, chamava-se LUÍS Miranda.
- Frente a casa de minha avó lá no maranhão onde eu morava, tinha seu LUÍS Arlindo.
- O nome de meu sogro é LUÍS Sousa.
- Minha casa aqui em Palmas-TO, fica de frente a casa de seu LUÍS.
- Minha cunhada quando teve o terceiro filho, colocou o nome do filho de LUÍS Eduardo.
- A outra cunhada não sei porque, também colocou o nome do filho de LUÍS Vitor.
- Precisei morar em outro bairro de Palmas-TO, e frente a nova residência tinha seu LUÍS.
- Voltei pra minha casa este ano e tenho novamente como vizinho o seu LUÍS.

Diante disso, posso afirmar que devido a essa forte ligação, ao nome que me acompanha, caso tivesse mais um filho ou adotasse, colocaria o nome de LUÍS Sousa Miranda, em homenagem ao meu sogro e meu avô, que são LUÍS.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Momento mais que especial

Confesso que por falta de tempo, ainda não tinha postado sobre a ordenação a pastora, de minha esposa Eliane Miranda. Evento que ocorreu em Brasilia-DF, momento em que foi realizada mais uma Assembleia Geral Ordinária de nossa CEADDIF - Convenção Evangélica das Assembleias de Deus no Distrito Federal entre os dias 26 a 28 de setembro de 2013.

Foi muito emocionante pra mim, que fui recebido no reingresso à Convenção, e por ver mais um sonho realizado em nossas vidas, minha esposa, minha pastora, sendo ordenada ao santo ministério, dia 28 de setembro de 2013, na Assembleia de Deus em Taguatinga-DF.

Tempos atrás houve uma resistência por parte dela, vez que na Convenção que fazíamos parte anteriormente, foi providenciada toda documentação e aprovada sua consagração, porém, não tivemos como ir para Anápolis-GO, onde foi realizada a AGO daquele ministério, porém, o que dificultava a aceitação, não foi nada em relação a Convenção, pois ela nunca teve dúvida do seu chamado, foram as críticas que tiveram que ser superadas, que foram vencidas, crescendo ainda mais a convicção e a certeza absoluta de que Deus estava no negócio.

Foram lágrimas de alegria, por entender a atender o chamado de Deus, por ser uma mulher determinada, que maneja bem a palavra e tem o dom do ensino, seu carisma atrai, pois sempre tem uma palavra de Deus aos que a procura, mesmo na consolação ou exortação, entrega o que Deus lhe manda, porque sabe do compromisso com a obra e de que um dia prestaremos contas a Deus do trabalho realizado.

Findo dizendo, que importante em tudo isso, é que temos muito a agradecer a Deus, pois tudo é da vontade dEle, sendo Ele quem nos chamou e isso tem se mostrado em nossa vida e dedicação ao ministério pastoral, porque acreditamos no amor e no poder de Deus, razão essa em que posso mais uma vez dizer: - DEUS É FIEL!    

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O pai que eu não conhecia

Alguns que me conhece de perto, sabe do meu sentimento quando se aproxima o dia dos pais, e nesse mês de agosto que se finda, não foi diferente, não tive o privilégio de poder abraçar o meu, pois quando eu tinha apenas quatro anos, devido a um problema de saúde, e que segundo informações obtidas, ele não cumpriu as exigências do médico para se tratar, mesmo sendo bem jovem, não resistiu e acabou falecendo.

Martins Alves de Lima, sua imagem para mim era como um vulto, lembro-me apenas de que um dia sentei em seu colo, colo de pai, e hoje voltando ao tempo, não fazendo uma regressão, posso lembrar do seu carinho, ficando minha lembrança limitada a apenas isso, não lembro de como era seu rosto, e assim, tinha um desejo enorme de conhecer como ele era, de ter uma foto e poder dizer a todos, esse foi o meu pai.

O tempo foi passando, e devido a presença de meu avô materno, foi como que isso fosse substituído, e ao perdê-lo também, comecei a sentir falta, ter essa carência, já que não fui criado pela minha mãe biológica e não tinha contato com meus parentes por parte dele, chegando a conhecer apenas minha avó que por sinal, foi uma serva de Deus.

Precisei ir ao Maranhão, especificamente na cidade de Joselândia, onde mora uma tia e algumas primas, o que me sentir frustrado, pois não encontraram nem uma foto dele, e caso tivesse encontrado alguma dele já falecido, confesso que me recusaria a ver, pois não era essa a lembrança que queria pra mim, após tanto tempo de procura.

Retornei para minha casa, e alguns meses após a visita feita aos meus parentes naquela região, uma de minhas primas me ligou, me alegrando com a notícia de que tinha encontra uma pequena foto, o que ansiosamente esperei, foram dias de expectativa, onde nunca a presença do carteiro, foi tão especial em minha vida como naqueles dias que antecedeu a chegado da foto.

Devido ao tempo ter estragado um pouco, tive que levar para restauração, e aqui posto a foto de meu querido pai, que não tive uma convivência, mas posso olhar, chorar e dizer que o amo, e mesmo não podendo contar com sua presença, eu sei que ele existiu e que me amou também.

Não culpo a ele e nem a minha mãe por não ter me criado, problemas de saúde, pobreza, sei lá... Fui adotado pela minha tia, que com certeza contribuiu e muito para que eu chegasse até aqui, se abdicou de uma vida de casada e vive solteira até hoje, cuidou de mim como se cuida de um troféu, e aqui findo apenas dizendo que meu Deus é fiel e que tem seus propósitos e sabe o que é melhor para seus filhos.  

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Presente de Deus

Neste 23 de julho de 2013, quero agradecer a Deus, porque hoje completo 19 ANOS DE CASADO, onde posso com muita alegria, dizer que o Senhor me deu uma esposa maravilhosa, minha querida Eliane Miranda, que também agradeço pelo companheirismo, pelo carinho, dedicação e amor, que vejo crescer a cada dia, porque foi nascido de Deus. 

Não imaginava que pudesse ser feliz assim, que pudesse amar alguém assim, mas quando entreguei minha vida a Deus, acredito que foi ele que fez a escolha, um grandioso presente, pois Ele sabe que sem minha outra metade, não conseguiria ir longe ou talvez não chegasse a lugar algum, porque ela me completa, me fez renascer esse dom de poeta, e que nas horas que me sinto insuportável, sabe como tornar-me calmo, com seu jeito dócil, seu jeito de mulher. 

Aquela menina de apenas 16 anos, mas com a mente de uma mulher adulta, me escolheu em um culto, na igreja do Senhor, onde havia pessoas melhores que eu, mais crentes e fervorosos que eu, de uma aparência melhor que a minha, mas eu fui o escolhido, foi amor a primeira vista, e desde aquele dia, fui agraciado por Deus com várias coisas, entre elas, o batismo no Espírito Santo, chamada para o Ministério, e posteriormente após casado, conseguir emprego e casa, tornando-me esposo, pai e pastor. 

Então só posso dizer: DEUS É FIEL!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Vinte e quatro anos servindo ao Mestre

Dia 25 de junho de 2013, fiz vinte e quatro anos de conversão, uma vez que esse foi o passo mais importante da minha vida, que me levou a conhecer o Senhor Jesus, para servir com amor e fazer sua obra. 

Aquele jovem tímido, que residia na pequena cidade de Igarapé Grande-MA, que tinha um sonho em se tornar Sacerdote, não esperava que ao frequentar uma Assembleia de Deus, tivesse sua vida totalmente transformada. 

Religioso, fiel, cheio de interrogações, ouvia aquela pregação que parecia longa, devido ao desejo por uma decisão rápida, vez que segurava uma Bíblia que estava aberta em Romanos 10:9.10, enquanto o presbítero e hoje pastor Valderino Dantas, ministrava naquela noite, pois ali havia uma alma sedenta de Deus e que precisava de salvação e libertação. 

Uma força estranha me mantinha grudado no banco, o que me impossibilitava de ir à frente e até mesmo levantar a mão, quando então convidado pelo irmão Ronaldo Alves, confessei que não estava conseguindo ficar de pé, quando ele na autoridade do Espírito Santo, me ordenou em o nome de Jesus que ficasse de pé, conseguindo não tão somente me levantar, mas ir até o altar e aceitar a Jesus como Senhor e Salvador de minha vida. 

Ao me aproximar do altar e ajoelhar, fui pego por uma forte câimbra, que parecia não aguentar mais de tanto incômodo, tudo isso acabou, após o Auxiliar de trabalho, mas Evangelista por Deus, o conhecido irmão Francisco Dantas, com uma oração, e aquele rapaz que parecia forte, por sua religiosidade e seus dezessete anos, entregou sua vida a Jesus. 

Naquele dia foi uma grande festa, todos sabiam da minha devoção, incredulidade, e o quanto seria difícil aquele momento, mas que diante de uma luta travada, os céus havia vencido, e aquele jovem questionador, que sempre procurava meios para defender sua religião, foi observando com o tempo, principalmente em relação a atitude e comportamento de um sacerdote, algo que não era bom, e como aquilo não servia como exemplo, foi esfriando, vez que a sede de Deus era maior. 

Hoje digo que Ele cumpriu o Sacerdócio em minha vida, já que fui Diácono aos 21 anos, Evangelista aos 22 anos e Pastor aos 25 anos. DEUS É FIEL!

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Um novo desafio


Após exatamente nove meses e um bom descanso, voltei novamente a direção de um trabalho, dia 19 de junho de 2013, fui empossado na Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério da Missão em Tocantins, localizada no Jardim Aureny IV em Palmas-TO. 

Estive anteriormente na igreja, domingo pela manhã do dia 16 de junho, onde participei da Escola Dominical e a noite ministrei no culto, sendo que o carinho e recepção dos irmãos, me deixou bastante motivado, na certeza de que estava fazendo a coisa certa, aceitando mais um desafio, que não deixa de ser gratificante, por ser a obra de Deus. 

Foi uma festa linda, com a presença da igreja, amigos e parentes, onde destaco a presença dos amigos, Pr. Francisco Lopes, Pr. Francisco Chaves, Pr. Ozias, Pr. Marcelo Pacheco e Igreja do Aureny I, Pb. Alessando, Dc. Nelson Tavares, Pr. Luis Sousa (meu sogro), Pr. Francisco (Aparecida do Rio Negro). Como citei anteriormente, foi um momento lindo, em que posso agradecer a Deus e aos meus líderes: Pr. Zacarias e Pra. Isaneide, que confiaram em mim e minha família esta tão nobre missão. Por isso que digo e sempre direi: - DEUS É FIEL!

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Amizade

Esse negócio de demitir contratado tem um lado injusto, uma vez que nos apegamos as pessoas, começamos a conviver e nisso vai aumentando o carinho, vez que o trabalho praticamente é nossa segunda casa, e quando vemos um colega ou uma colega indo embora, sentimos com a separação, pelo vínculo que foi criado, por uma amizade que estava se consolidando a cada dia. 

Ali sorrimos, brincamos, trabalhamos, criamos um ambiente harmonioso, sendo que aos poucos vamos descobrindo aqueles com quem nos identificamos um pouco mais, e quando chega o momento da despedida, realmente bate uma tristeza, seguramos o choro, mesmo sabendo que não podemos fazer nada e que não depende de nós, fica apenas o consolo de que temos a certeza da boa amizade e o desejo de que Deus abençoe e possa abrir novas portas, e caso não consiga retornar, resta apenas desejar que coisas melhores aconteça, com quem aprendemos a gostar e amar como irmão! 

Não quero discutir o fato, de que se deve ou não contratar apenas através de concurso público, quero tratar sobre o ser humano, até mesmo porque em todos esses anos como servidor público, conheço pessoas  contratadas que dão mais sangue que muitos concursados, porém, não quero me alongar sobre isso, apenas me referir sobre o ser humano, mãe ou o pai de família, que acaba despedido e que por ser contratado no serviço público, não tem direito a nada.

O fato de tocar nesse assunto, é que nesses dias, uma colega que trabalhava ao meu lado, teve o seu contrato encerrado, onde senti muito com tudo aquilo, ela ali vivendo seus últimos momentos no trabalho, sendo que o mais pesado, foi quando precisou dizer adeus, e mesmo sabendo que ela pode voltar, que tem até mesmo capacidade de conseguir coisa melhor, eu pensei em duas coisas: Primeiro, é que não é fácil para quem está desempregado, principalmente pra quem tem família. Segundo, é que pelo tempo que ficamos juntos, onde foi criado um ambiente de amizade, vejo o quanto é difícil a dor da separação.

domingo, 21 de abril de 2013

Batismo de meu filho Lemuel Kesller

É gratificante para um pai, quando acontece um momento como esse, dia 30 de março de 2013, meu filho Lemuel Kesller, desceu às águas, tornado-se membro do corpo de Cristo, através do batismo, tudo isso de livre e espontânea vontade, fruto do ensino e dedicação de minha parte e minha esposa, vez que é nossa responsabilidade, orientar nossos filhos no caminho do Senhor, para que quando crescerem, tornarem-se independentes, adultos, casados, não venham esquecer dos ensinamentos e bons princípios, ensinados por nós pela palavra de Deus.

Ele é um menino crente, dedicado, educado, bom filho, tendo outras características que o denominam como uma pessoa de Deus, e tudo isso, me incentiva a lutar cada vez mais para oferecer o melhor pra eles, tendo em vista que tenho um casal, pois acredito e oro sempre, pelo melhor de Deus em suas vidas, para que nunca se desviem dos caminhos do Senhor. Provérbios 22:6 diz: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele."

sexta-feira, 22 de março de 2013

A chave perdida

Imagem Ilustrativa
Quero compartilhar algo, que por mais simples que possa parecer para alguns, para mim foi mais uma prova de que Deus é fiel, e minha alegria maior é ter a certeza de que ele continua me ouvindo, mesmo que em alguns momentos, me sinta não merecedor, porém, sua misericórdia é grande e seu amor também.

Devido a dificuldade para estacionar em algumas ruas de Palmas, costumo deixar o carro em um lugar tranquilo, e a pé, realizar alguns serviços, tendo em vista que não vou muito longe e com isso, economizo no combustível. E assim, nesta segunda-feira, 18 de março de 2013, deixei o carro em frente ao local onde trabalho e antes de começar o expediente, precisei resolver algumas coisas.

Ocorre que, após o expediente e no momento de retornar pra casa, percebi que a chave não se encontrava junto com as outras, preocupado com a situação, de como ela caiu, fiz todo o percurso por onde tinha andado, na esperança de encontrá-la pelo chão, mesmo achando que devido o horário, alguém poderia ter achado, jogado fora ou entregue em algum lugar, pois se trata de uma chave diferenciada, que devido a um chip que existe dentro, não conseguiria tirar o carro do lugar sem ela.

Voltei pelo caminho e por alguns minutos, mesmo na estrada e em silêncio, naquele momento orei a Deus, falei que não podia fazer uma outra cópia no momento, tanto pelo horário e o preço que iriam cobrar e até mesmo a dificuldade para encontrar alguém especializado para fazer uma cópia. Então, prosseguindo em minha busca, parei e entrei em uma farmácia, que por sinal é de um pastor, ao perguntar ao balconista, tive uma informação negativa, mas Deus que prepara todas as coisas e age no momento certo, colocou uma senhora, que creio eu enviada por Deus para aquele momento, entrou na conversa e disse ter encontrado uma chave, que pelas características, não tive dúvida de que era a minha.

Porém, a chave não se encontrava com ela, me informando ter encontrado na rua e entregue em uma loja de Auto Peças, confesso que fiquei triste com medo de terem dado um fim na bendita chave, mas contei ali o testemunho que tinha orado a Deus e que aquela senhora foi providência Dele, com isso, pude revigorar minhas forças e acreditar que a benção seria completa e que encontraria aquele pequeno objeto que se tornou no momento de grande valor pra mim.

Fui até o local informado e peguei a chave de volta, e naquele dia, graças a Deus, tudo estava a meu favor, vez que ainda deu tempo de resolver algumas outras coisas, e em tudo que fiz naquele dia, não tenho nenhuma dúvida de que o Senhor esteve comigo, pois tudo deu certo, para glória do nome do Senhor.

É por isso que sempre digo e direi: -DEUS É FIEL!

quarta-feira, 6 de março de 2013

A palavra de Deus é fiel

Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão igualmente boas. Eclesiastes 11:6

Ontem pela manhã em uma panificadora, o proprietário veio me atender, e com um sorriso me perguntou se lembrava dele. E assim meio desconfiando, confessei que não estava lembrando, mesmo achando que sua fisionomia não era estranha.


Então ele me fez lembrar de um jovem que certa vez entrou na igreja totalmente embriagado, e como não bastasse, com uma latinha de cerveja na mão e chegou até sentar na calçada que fica no altar. Foi aí que lembrei da cena, quando ele confessou ser aquele jovem e que agora Deus tinha mudado sua vida, sendo hoje um servo de Deus.


Não perguntei quanto tempo de fé ele tinha, porém, minha alegria e emoção foi ao saber que aquele ex-bêbado, me falou que depois de sua conversão, o Senhor Deus tinha lhe dado: Esposa, filhos, um veículo e uma panificadora, sendo que no espiritual recebeu o batismo no Espírito Santo.

O que me deixa feliz em tudo isso, é saber que nosso trabalho não é vão no Senhor (I Cor. 15:58) que uns plantam e outros colhem, uma vez que ele relatou que muitas vezes parava perto da igreja para me ouvir pregar e que nisso sentia algo de Deus em seu coração.

A grande lição, especialmente pra mim, é que não devemos desistir de ninguém, é acreditar no Deus que muda vidas, que continua salvando e que até mesmo um alcoólatra, pode vim a ser um grande servo de Deus, também vejo que se eu tivesse atendido mal, ele também lembraria hoje, mas graças ao Senhor, ficou a boa lembrança e uma semente plantada em seu coração, que alguém regou e Deus está dando o crescimento para a glória do nome do Senhor Jesus.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Deus é fiel, eu acredito nisso!

Sempre tenho dito por onde passo, que essa é a música da minha vida, tenho razões pra dizer isso! Quem sabe um dia eu crie coragem e venha aqui dizer o porquê. Enquanto isso, quero falar de minha alegria em postar esse vídeo, que gravei hoje, terça-feira, 19 de fevereiro de 2013, em nosso culto de ensino na Igreja Sede, em que nossa pastora Isaneide Nolasco, mesmo se encontrando um pouco gripada, cantou com a igreja essa canção que nos faz sentir a presença de Deus e a certeza de que Ele é fiel.

Talvez alguns leitores não entenda por eu dizer que pra mim é uma grande alegria, tendo em vista ser um hino bastante conhecido e que já faz bastante tempo que foi gravado pelo Nani Azevedo, porém, o que se destaca em tudo isso, além de ser a canção de minha vida como citei, é o fato de que a pastora Isaneide, foi a primeira pessoa que ouvir cantando essa bela música, antes mesmo de ser gravada, não sei como, mas ela conseguiu uma cópia com algum amigo do autor e cantava conosco em alguns cultos, enquanto Deus tratava comigo e falava fortemente ao meu coração.

Deus é fiel! Essa é a minha frase favorita, que me acompanha em todos os lugares, o que certa vez uma irmã procurava minha casa, andando de rua em rua, até que ele encontrou meu carro parado na porta, e segundo ela, ao ver a frase colada no carro, não teve dúvida de que tinha me encontrado, o que me faz ser bem reconhecido por onde passo, tendo a marca no carro e a certeza em meu coração de que meu Deus é fiel.

Agora ouça o hino, o que pra mim não foi fácil a gravação, vez que não sabia se batia palmas, glorificava a Deus ou filmava o culto, devido está com a máquina e que não poderia deixar passar a oportunidade de registrar um momento tão importante como esse pra mim. 

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Amar é...

Amar é poder está com a mesma pessoa há quase vinte anos, acordar todos os dias ao seu lado, e sempre achar a mulher mais linda do mundo. É saber que mesmo com as diferenças que o tempo venha trazer ou circunstâncias que venha passar, deve ter sabedoria para entender, que isso só ajuda no crescimento, no fortalecimento, para que esse amor cresça ainda mais. 

Amar é proteger, é oferecer um ombro abrigo, é ser amigo e defender, se preciso com a vida, por entender que sem sua presença não existe a vida, ou que a mesma perca todo o seu significado, é saber que quando voltar pra casa, será recebido com um sorriso, com um abraço, mesmo que as vezes o corre corre do dia, tenha sido bastante desgastante e lhe causado dores. 

É saber que por mais que se dedique, ainda é pouco diante do que a pessoa amada representa, pelo fato de que se sente completo, realizado, que foi a escolhida por toda uma vida, e que nada no mundo pode quebrar esse laço, essa aliança que deve a cada dia renovar, para que nunca fique na rotina ou que seja alguma coisa apenas pela circunstância.

É ser grato a Deus pelo presente ofertado, é nunca deixar de lado, é saber cuidar de forma que ela seja agraciada, respeitada, deixando fora o egoísmo, o ciúme, e procurar ser companheiro, amigo, pois mesmo que tenhamos os melhores amigos, nosso verdadeiro amigo, é aquela que está conosco em todas as horas, que nos suporta, que chora junto, que ora, e sempre procura o melhor pra vida.

Promessas

Quantas vezes prometemos pra Deus que iremos mudar, é o momento da reflexão, do choro e do quebrantamento, principalmente quando acabamos de ouvir uma ministração que trabalhou bem forte em nosso caráter, tentando provocar mudança. É o efeito da palavra de Deus em nossa vida, quando então falamos para o Senhor: - Eu vou mudar.

No dia seguinte, voltamos as nossas tarefas e o ontem se foi, esquecemos tudo e deixamos de lado, aquilo que como alguém arrependido fizemos mil juras de não cometer, não cair no mesmo erro, e o Senhor por ser misericordioso, nos deu mais um voto de confiança, porém, aproveitamos o livre arbítrio, confiando de que ele é amor e esquecemos que também é justiça.

Não me refiro a Deus como vingativo, muito menos que não se preocupa com nada, apesar dele saber que somos falhos, porém, no sentido de que aquilo que prometemos fazer na sua casa e pela sua obra, tem que ser algo levado a sério, porque ele não se agrada da falta de compromisso e o desleixo de alguns de seus seguidores.

Vemos na Bíblia que nosso Deus sempre foi cuidadoso, zeloso, sempre com o melhor para nós. E como filhos? será que estamos dando o nosso melhor para ele? pois somos sabedores que ele merece, e que não custa nada de nossa parte, já que em relação aquilo que nos envolve nas coisas materiais, fazemos um esforço tremendo para chegar ao máximo, sempre com muita dedicação para agradar alguém! E em relação a Deus, como estamos?

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Razões pra ser feliz

Tenho mil e uma razões para dizer que sou feliz,
Que nosso amor é puro, é sólido, lindo e tem raiz,
E que é algo que nem mesmo sei a explicação,
Sei apenas que é bem forte e oriundo do coração,
Que faz meu corpo estremecer com esse sentimento,
Vivendo cada momento, sem perceber passar o tempo.

Andava como errante, por um caminho incerto,
Quando você apareceu em minha vida, no momento certo,
Nem muito cedo e nem muito tarde,
Mas quando precisava encontrar minha cara metade,
Vindo preencher um grande vazio que a solidão deixou,
Me ensinando que realmente um homem não vive sem amor.

E assim eu te amo e sempre te amarei,
Pois você é tudo aquilo que um dia sonhei, 
Algo de bom em minha vida que se realizou,
A parte que faltava e que agora completou,
Quando te vejo feliz, sinto minha paz renovada,
Minha missão é te fazer feliz, e sentir-se amada.