sábado, 10 de outubro de 2009

O AMOR DO POETA


O Poeta sonha, o poeta ama,
Isso são os ingredientes que o mantém,
Certo de que é um sonhador,
E que jamais poderá deixar de amar.

Esse amor tão lindo e forte,
Que se solidifica a cada dia,
Como que nascesse a cada manhã,
Muito mais que uma magia e encanto,
Por ser duradouro e eterno,
Vindo diretamente do Criador.

Esse amor correspondido, vivido,
De uma forma real e verdadeira,
Amor que supera todos os obstáculos,
Pelo prazer imenso de viver a dois,
Na certeza de que ele é lindo,
Por ter sido prometido e preparado,
Para viver uma intensa paixão.

Timóteo

2 comentários:

  1. Pr. Timóteo, primeiramente quero te agradecer, por ser tornar um seguidor do blog (Mulheres Admiráveis sempre). Parabéns pelo o seu blog também, principalmente pelos dizeres que ele tem logo de ínicio. Com certeza Deus é com o senhor e a sua família. Parabéns pela sua linda e admirável esposa, "uma grande mulher de Deus s/ dúvida". Estarei dando uma olhada em tudo, com mais tempo e postando comentários ok!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo trabalho no blog. Já estou seguindo.

    Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra.

    Seus comentários também serão muito bem-vindos!

    www.hermesfernandes.blogspot.com

    Te espero lá!

    ResponderExcluir