quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

AO ENCONTRO DA FELICIDADE

Não adianta ficar lembrando o que passou,
Se foram experiências amargas em tua vida,
Relembrar de coisas que só te machucaram,
Impedirá de ser cicatrizado, e só te fará sofrer.

Não adianta chorar sobre o leite derramado,
Angustiar-se por inteiro, deixando o coração vazio,
Trancando-se em um quarto escuro, na companhia da solidão,
Onde a calmaria da noite procura te fazer desesperar.

De que adianta chorar, se são lágrimas sentidas,
Mas não correspondidas, por alguém ou algo que não vale a pena,
Que vem apenas acrescidas de sofrimento e angústia,
Te fazer querer morrer, ou chegar no fundo do poço,

Lembre-se que o início pode ser agora, é a oportunidade,
De se recuperar totalmente e dar a volta por cima.
Pare! Pense, sorria, a vida tem dessas coisas, e mesmo sendo horríveis,
Você pode vencer e preencher os requisitos para ser feliz.

Pois amar sem a mínima chance de se conseguir retorno,
Apaixonar-se por alguém que sem um pouco de consciência,
Brincou com os seus sentimentos, não vale a pena,
Você é grande e isso é pequeno diante do que você pode fazer.

Afinal você tem forças, apenas de debilitou e não sabe usar,
Quando então descobrir seu potencial verdadeiro,
Saberás também que existem alguém que te espera,
Que Deus tem preparado para te fazer feliz, te amar,
Procure e espere Deus tem a resposta e encontrarás a FELICIDADE.

Timóteo.
23 de janeiro de 1998.
22:50 hs
republicado em abril de 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário