sexta-feira, 25 de abril de 2008

O SEU TRABALHO NÃO É VÃO NO SENHOR.


São tantas as barreiras que temos que transpor,
Que a cada dia precisamos aprender algo novo.
Vivemos em um mundo, em que aqueles que se descuidar,
Ficará para trás, jogado no esquecimento.

Precisamos aprender de que tudo depende de nós mesmos,
Que se ficarmos de braços cruzados, iremos apenas ver a vida passar,
E nada acontecerá, tudo passará em nossa volta.

Se formos bem, ninguém viu nada, passaremos despercebidos,
Mas se falharmos é como um grande buraco que se abre,
Ou como um pequeno furo em um pedaço de papel em branco,
Que deixamos de olhar para a qualidade dele,
E sim para aquele aparente pequeno defeito.

Somos assim, é da natureza humana errar,
Mas não podemos viver no conformismo,
Temos que procurar mudanças, mas também forças para suportar,
Aqueles que não se importam, em também tomar uma atitude diferente.

É fácil querer mudar os outros, difícil é reconhecer que essa mudança,
Ou a mudança de várias pessoas, depende de nós mesmos.
Pois somos luzes e não estrelas, e como luzes precisamos brilhar,
Não ficar como uma chama, que após algumas horas se apaga.
Mas como algo que fique de forma sólida e firme.

Que possamos servir de base, que seja algo notório e claro.
Pois alguns nos observam e querem ver nosso exemplo,
Exemplo de vida, que cobramos e que devemos também praticar.
Se não iremos cair na hipocrisia e descrédito, na conversa do que diz:
Faça o que te mando, e não o que eu faço.

Pois começando de nós mesmos, teremos a garantia,
E com que nos orgulharmos e a certeza plena,
Que deixaremos frutos por onde passarmos,
Que colheremos depois e teremos o reconhecimento,
Daquele que não nos esquece, e a certeza absoluta,
De que não trabalhamos em vão.



Timóteo, 12/09/2005
Republicado em 08/04/2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário