quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

GRATIDÃO

Precisamos ter fé, até mesmo para se preciso for, andar sobre as águas,
Andar firme para não afundar, encarar de frente e acreditar no melhor,
E mesmo que a tempestade cerce de um lado para o outro,
A ordem é não parar.

Se já chegou até aqui, o segredo é não desanimar,
O pior já passou, parece até que não foi fácil, não é mesmo?
O importante é que foi mais uma tarefa vencida,
E se no meio da noite algo te apertar, controla o remo,
Não se desespere! O teu barco não vai afundar.

Verás que o trajeto pareceu longo, engano!
Foi o mesmo que te fez crescer, e no barco da vida você suportou.
Se temeu é porque é normal, é humano,
O que importa é a tua chegada, pois um novo caminho se abrirá,
E no corredor da vida, encontrará coisas e mais coisas,
Mas o guia não te deixará sozinho, nem perdido na escuridão.

Já reparou que o motivo do medo foi inútil,
Ele aparece apenas para querer impedir o caminhar.
Nos deixando como cegos, sem compreender que quem nos conduz é forte,
Que vai abrindo caminho para podermos passar.

O medo e a dúvida atrapalhou você, a ponto de não ver,
Que quando chegou Ele estava comemorando,
Quando atravessou o rio ele estava contigo,
Quando estava no barco ele estava remando,
Quando pegou a estrada ele estava te acompanhando,
Abrindo caminho para você passar.

Pena que quando chegou, você não observou,
Que até o lugar para pousar ele preparou para você,
E conseguiu vencer, superar tudo e todas as provas,
Infelizmente estava tão cego, que não viu o sorriso dele,
Esperando de sua parte, que pelo menos de depois de tudo,
Soubesse agradecer e dizer a Ele: Muito obrigado!

Seja grato a Jesus, Ele fez tudo por você.

Pastor Timóteo, 30/11/200702:13h

Nenhum comentário:

Postar um comentário